13.12.16

Resenha - Vida e Morte, Stephenie Meyer.

Autor: Stephenie Meyer
Título: Vida e Morte
Ano: 2015
Páginas: 391
Editora: Intrínseca

O clássico de Stephenie Meyer revisitado 10 anos depois.
Novamente, os leitores vão se apaixonar pela arrebatadora história de amor de Bella e Edward... ou, quem sabe, será uma primeira vez. A edição especial de aniversário inclui um conteúdo extra e exclusivo: Vida e morte, nova versão em que autora inverte o gênero dos principais personagens.
Em Vida e morte os leitores vão se maravilhar com a experiência de ler a icônica saga de amor agora pelos olhos de um adolescente que se apaixona por uma sedutora vampira. Numa publicação ao estilo “vira-vira”, a edição comemorativa traz mais de 400 páginas de conteúdo extra, além da nova capa, com Crepúsculo de um lado e Vida e morte de outro. Os milhares de fãs de Bella e Edward não vão querer perder a oportunidade de ver seus tão queridos personagens em novos papéis.
“Fico maravilhada que já se tenham passado 10 anos da primeira edição de Crepúsculo”, cometa a autora Stephenie Meyer. “Para mim, esse aniversário é uma comemoração dos fãs, que sempre foram inacreditavelmente dedicados e apaixonados.”

Quando soube que a editora Intrínseca lançaria Vida e Morte de Stephenie Meyer, sendo ele Crepúsculo "reimaginado" confesso que não curti a ideia. Quer dizer, pensei que a autora poderia continuar Midnigth Sun ou até mesmo continuar com mais um livro depois de Amanhecer para sabermos o que aconteceu depois... Enfim a decepção bateu forte, mas como fã da série não podia ficar sem ler Vida e Morte e fui sem expectativas de ser uma leitura que fosse me surpreender.

Ledo engano amigos.

aginem ler um de seus livros favoritos anos depois, as mesmas cenas com um leve toque de novo? Assim é com Vida e Morte. Bella agora Beau e Edward agora é Edythe. Podemos ver a história pelo ponto de vista de um garoto, e percebemos que as emoções de Beau são as de Bella não importa o gênero os sentimentos ainda são os mesmos. Toda aquela intensidade ainda está muito presente em cada página. Revisitar Forks foi mágico, confesso.


O enredo parece ser o mesmo, mas foi adequado para ser visto pelo ponto de vista de um garoto, e eu demorei um pouco para engatar na leitura, ficava me perguntando se aquela cena em Crepúsculo era assim ou não... Queria toda hora folhear o livro para comparar e percebi que isso estava acabando com a graça. Quando consegui me desligar disso a leitura fluiu maravilhosamente bem! Revi todos os meus personagens preferidos, mesmo que reimaginados, foi muito, muito legal relembrar pelas características físicas e emocionais quem eles seriam em Crepúsculo.

A história como eu disse, segue sendo a mesma com os personagens reimaginados, mas minha gente se vocês esperam pelo final que Crepúsculo teve esqueçam!!!! Stephenie Meyer mudou isso também. Em Vida e Morte aquele "E SE" que ficou em Crepúsculo é respondido. A história encerrou perfeitamente e sem necessidade de uma continuação, que a autora já avisou que não terá. Vida e Morte foi realmente um presentaço aos fãs de Crepúsculo tanto por vermos um livro favorito reimaginado, como por termos um final alternativo. Meus dedos coçam para contar tudo para vocês, mas não soltarei spoilers. Vocês precisam ler para crer.

Se, assim como eu, são fãs de Crepúsculo e até se não são vocês não podem perder a chance de ler Vida e Morte.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG PÉROLAS LITERÁRIAS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por MK DESIGNER E LAYOUTS