13 de dezembro de 2016

Resenha - Uma Prova de Amor, Emily Giffin.

Autor: Emily Giffin
Título: Uma Prova de Amor
Ano: 2013
Páginas: 432
Editora: Novo Conceito

Primeiro vem o amor, depois vem o casamento e depois… os filhos. Não é assim?
Não para Claudia Parr. A bem-sucedida editora de Nova York não pretende ser mãe e até desistiu de encontrar alguém que aceite esta sua escolha, mas, então, ela conhece Ben. O amor dos dois parece ideal. Ben é o marido perfeito: amoroso, companheiro e — assim como Claudia — também não quer crianças. No entanto, o inesperado acontece: um dos dois muda de ideia a respeito dos filhos. E, agora, o que será do casamento dos sonhos?
Uma Prova de Amor é um livro divertido e honesto sobre o que acontece ao casal perfeito quando, de repente, os compromissos assumidos já não servem mais. Contudo, é também uma história sobre como as coisas mudam, sobre o que é mais importante, sobre decisões e, especialmente, sobre até onde se pode ir por amor.

Claudia Parr é uma editora de livros gosta de seu trabalho e de sua vida. Claudia deseja se casar, mas ela não deseja em circunstancia alguma ser mãe. Fica difícil então encontrar um homem que deseje as mesmas coisas que ela.

Até que ela conhece Ben. Ben é tudo o que Claudia poderia querer em um companheiro e o melhor compartilha de sua opinião que um casal para ser feliz não precisa ter filhos. Ao contrário o necessário é o comprometimento dos dois com a relação.

Como na sinopse fica claro um dos dois muda de opinião após um casal amigos revelar que estão esperando um bebê. Começa a questão então se realmente eles não terão nunca um filho. Ou qual dos dois vai ceder. Ou mesmo se o casamento irá sobreviver a essa brusca mudança.

Eu não entendi bem o porquê de a Claudia não querer ter filhos. Trauma acredito que ela não tenha. Apenas uma mãe que abandonou o marido com os filhos para ir embora com outro homem. Isso é motivo suficiente para NUNCA se desejar ter filhos? Não sei!!! Vai de como cada um é afetado pelas atitudes maternas ou paternas.


Claudia e Ben levam uma vida ótima. Viajam quando quer sem amarras e apenas eles dois. Vivem uma vida completa o fato de eles não quererem filhos não muda o amor entre eles. Sempre tem aquelas pessoas “amigas” que questionam sua decisão, mas mesmo assim eles passam por isso numa boa. Até que um dos dois muda de ideia. Não vou dizer quem é, mesmo que logo no início do livro fique claro.

O livro nos mostra que mudanças existem e são benéficas. Basta saber se poderemos aceitá-las com o coração aberto. Acredito que mudanças engrandecem as pessoas e relações, já que nada é imutável nesta vida. Isso vale para relações e sentimentos tudo muda apenas a pergunta é; Você está disposto a abrir mão? Está disposto a se adequar as necessidades do seu parceiro? A “desestruturar” uma vida que você sempre pensou ser a perfeita?

Se eu recomendo esse livro.

Sim recomendo, mas devo confessar que não me agradou de todo. Gosto da Emily Giffin, mas talvez esperasse mais do livro. Mas para quem é fã dela vale a pena sim!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Pérolas Literárias - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo