10.12.16

Resenha - Sangue e Chocolate, Annette Curtis Klause.

Autor: Annette Curtis Klause
Título: Sangue e Chocolate
Ano: 2011
Páginas: 256
Editora: Underworld

Sangue e Chocolate (Blood and Chocolate), escrito por Annette Curtis Klause, conta a história de Vivian Gandillon que saboreia a mudança, a dor doce e poderosa que a leva de garota à lobo. Com dezesseis anos, ela é bonita e forte, e todos os lobos jovens estão em seu pé. Mas Vivian ainda está de luto pela morte de seu pai; seu grupo continua sem um líder e em desordem, e ela se sente perdida nos subúrbios de Maryland. Ela deseja uma vida normal. Mas o que é normal para um lobo que precisa a todo custo esconder a sua identidade dos humanos? Vivian ganha a vida trabalhando numa loja de chocolates e acaba se apaixonando por um garoto humano, bom e gentil, gatoso um alívio bem vindo para ela. Ele é fascinado por magia, e Viviam deseja se revelar para ele. Provavelmente ele a entendêria sua natureza dupla e não sentiria medo ou repulsa como um humano normal faria. A lealdade dividida de Vivian é forçada ainda mais quando um assassinato brutal ameaça expor o grupo. Movendo-se entre dois mundos, ela não parece pertencer a nenhum dos dois e se sente perdida entre as regras de lealdade de seu mundo e a vontade de se revelar seu amado.

Consegui esse livro no skoob, que tem sido maravilhoso para mim.

Bom vou começar pela capa que me conquistou totalmente, é linda demais.

A protagonista é Vivian Gandillon (Vivi), ela é um Loup- Garou, ou seja, uma loba, uma loba linda de 16 anos, mas o melhor é que ela tem consciência de ser linda e sabe tirar o máximo de proveito disso.

Vivi ainda está abalada pela morte de seu pai em um incêndio e com o estranho comportamento de sua mãe Esmé (que aliás é tão linda quanto Vivi). Após esse evento que mudou não apenas a sua vida, mas a vida de toda a matilha já que seu pai era o líder da mesma e sua mãe a “Cadela Mor” ou Rainha. rs

Confesso que quando li “cadela mor” quis morrer de rir.


Bom voltando, Vivi vai à escola e lá ela conhece Aiden um cara que é um “Humano de Carne” é assim que os lobos se referem aos humanos, Vivi decide que Aiden será seu…

Agora uma loba que decide que um humano será seu namorado, isso vai render.

“Eu uivarei por você, garoto humano, ela pensou. Eu caçarei você em minha pele de menina, mas vou celebrá-lo como uma loba.”

Vivi sempre achou que passava despercebida na escola, pois não tinha amigos, só que ela não imaginava que na realidade ela despertava o desejo nos meninos e a inveja das meninas, por esse motivo ela sempre acabava isolada de todos e ninguém se atrevia a falar com ela. Olhem como a moça desperta a atenção rs.

Isso muda quando Aiden entra em sua vida ou o contrário, que seja.

Eles iniciam um relacionamento e Vivi finalmente se sente aceita e acolhida pelos amigos de Aiden, o grupo “Ameba”, a sua única frustração é Kelly, amiga de Aiden, a quem Vivi detesta de imediato e o desprazer é recíproco.

“Escolha inteligente, garota, pensou Vivian, pois basta um movimento em falso e eu te pego.”

O namoro deslancha, e o que gostei foi Vivi não evitar a sua sexualidade, será coisa de lobo? Aos olhos dela sexo é normal, e ela deseja e deseja muito, ela sabe o que quer e vai atrás, mas…

Entre viver seu namoro com Aiden e tentar entender o comportamento de sua mãe, Vivian tem que ficar com os olhos abertos, pois os cinco estão aprontando. Os cinco são: Rafe, Gregory, Ulf, Willem e Finn. Lobos jovens que estão descontrolados, Vivian teme as consequências desse descontrole, da primeira vez foi à vida de seu pai, dessa vez ela não quer nem pensar…

Aiden sempre teve curiosidade pelo mítico, o desconhecido e por conta disso Vivi decide que irá se revelar a Aiden. Não acreditei quando percebi o que essa menina iria fazer rs.

No pensamento de Vivi ela é bela e sim, ela é tão linda como humana ou como loba, mas ela se esqueceu de que para os da sua espécie ela é uma deusa, mas para os humanos é outra coisa. Aiden surpreende durante essa leitura o que se parece com o final na verdade não é, entendem?

Bom, como a matilha está sem um líder resolvem fazer um Ordálio onde será decidido o próximo líder já que desde que o pai de Vivi morreu a matilha está descontrolada e precisando de um novo líder um que saiba morder e arrancar sangue no processo.

No ordálio o último que restar de pé sem um arranhão ou uma gota de sangue será o líder.

Não foi uma surpresa o vencedor… Curiosos? Não direi quem foi saibam apenas que não foi nenhum dos cinco e sim um lobo forte, sexy e tudo de bom.

Agora a luta é para quem irá ser a sua parceira, apenas duas lobas iriam lutar: Esmé mãe de Vivi e cadela mor viúva e Astrid uma cadela mesmo. Rs

Quando Astrid trapaceia e se lança contra Esmé, Vivi sem pensar parte em defesa de sua mãe luta com garra e abate ferozmente Astrid não se dando conta que com isso se proclamou a nova “Cadela Mor” até que outra a desafiasse pela honra desse título, o que eu dúvido.

“Ela encarou seus olhos azuis como gelo, enquanto ele esperava que ela admitisse sua dominância.
Um uivo suave cresceu na garganta dela. Nunca, ela pensou. Você não me fará oferecer a barriga para você. Eu não escolhi você de forma consciente.
Ele sorriu ainda mais com sua rebeldia e lambeu os lábios.
Ele iria apreciar o desafio, não iria? Bem, para coroar uma rainha você primeiro precisa pegá-la.”

Agora como resolver isso? Parceira de um lobo sexy (mesmo não querendo) e namorada de Aiden o humano lindo e carismático.

Assassinatos acontecem e Vivi parece estar ligada a eles, então, por que ela não se lembra de nada? O que está acontecendo com ela afinal?

Gostei muito da leitura li em um dia apenas e o livro está mais que recomendado. A história é contada em 3° pessoa o que me agradou muito. O título do livro não condiz com a história, Vivi não trabalha em uma loja de chocolate, e em todo o livro só encontrei essa palavra (chocolate) duas vezes se bem me recordo.

Outra coisa que me desagradou foi no inicio da leitura, a troca de nomes de personagens de inicio fiquei pensando tratar-se de duas pessoas distintas quando descobri tratar-se da mesma voltei ao começo para entender melhor.

Fora isso é uma leitura ótima e Vivian? Bom, Kelly que nos diga já que Vivi realmente odiou a garota.

Ela sabia onde Kelly estava. “Eu vou te arrancar dos braços dele”, prometeu Vivian. “Eu vou rasgar você.”

A noite se concentrou em um foco de ódio.

O final foi de surpreender, pois realmente não esperava o que se passou.

Para quem não sabe esse livro rendeu um filme, podem conferir o trailer do filme logo mais abaixo.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG PÉROLAS LITERÁRIAS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por MK DESIGNER E LAYOUTS