13 de dezembro de 2016

Resenha - O Jogo Perfeito, J. Sterling.

Autor: J. Sterling
Título: O Jogo Perfeito
Ano: 2014
Páginas: 224
Editora: Faro Editorial

Conta a história de dois jovens universitários, Cassie Andrews & Jack Carter. Quando Cassie percebe o olhar sedutor e insistente de Jack, o astro do beisebol em ascensão, ela sente o perigo e decide manter distância dele e de sua atitude arrogante. Mas Jack tem outras coisas em mente ... Acostumado a ser disputado pelas mulheres, faz tudo para conseguir ao menos um encontro com Cass. Porém, todas as suas investidas são tratadas com frieza. Ambos passaram por muitos desgostos, viviam prevenidos, cheios de desconfianças, antes de encontrar um ao outro, (e a si mesmos) nesta jornada afetiva que envolve amor e perdão. E criam uma conexão tão intensa que não vai apenas partir o seu coração, mas restaurá-lo, devolvendo inteiro novamente.

Sabe quando você anseia tanto por um livro, e quando finalmente você tem a chance de lê-lo você se decepciona totalmente? Qual o sentimento? Que vontade dá de fazer?

Cassie Andrews é uma universitária com sérios problemas de confiança. Ela não sabe confiar facilmente.

Jake Carter é o grande pegador da faculdade. Joga beisebol e está sempre rodeado de tietes.

Cassie é avisada para manter distância de Jake por sua amiga Melissa. Ele não é do tipo constante e não dorme com a mesma garota mais de uma vez. Isso já bastou para Cassie odiar Jake.

Ele respira muito perto dela? Ela o odeia por isso! Ele fala com ela? Ela sempre “acha” que tem uma tiradinha para ele.

Após um espaço de tempo realmente pequeno Jake e Cassie estão namorando. E se amando loucamente. Sim amando!!! Eles já estão completamente, irrevogavelmente apaixonados. O que isso tem de errado?!? Nada, nada mesmo nadica, mas eita que foi rápido demais. Não convence esse amor todo.


Sabendo dos problemas que Cassie tem de confiança, Jake se esforça para cumprir as regras de Cassie. E falha! Miseravelmente ele falha.

Um dramalhão mexicano e o que poderia ter acabado bem teve um final a desejar, em minha opinião. A autora poderia ter encerrado ali. Mas não! Continuou e a minha esperança é que tenha uma grande reviravolta.

Não gostei de Cassie. A achei passiva e depois de tantas regras, de tanto “diz que me diz” aceita as coisas muito facilmente. Esperava mais dessa personagem. Ela é apresentada de uma forma que faz o leitor pensar: Essa é durona. Mas não, ela mostra ser o oposto total.

Enfim está aí um livro que não gostei. Duas estrelas para ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Pérolas Literárias - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo