13.12.16

Resenha - Nascida à Meia Noite, C.C. Hunter.

Autor: C.C.Hunter
Título: Nascida à Meia Noite
Ano: 2011
Páginas: 320
Editora: Jangada

Kylie Galen está na pior. Seus pais vão se divorciar, seu namorado acaba de romper com ela e uma noite, depois de ser presa por estar na festa errada, com as pessoas erradas e na hora errada, é enviada pela mãe para Shadow Falls – um acampamento para adolescentes problemáticos, localizado numa cidade chamada Fallen, no meio de uma misteriosa floresta. Isso muda sua vida para sempre. Poucas horas depois de chegar, ela descobre, assustada, que seus colegas não são apenas “problemáticos”. Kylie nunca se sentiu normal, mas também não se considera como uma daquelas aberrações paranormais. Ou será que ela é? Em Shadow Falls, vampiros, lobisomens, metamorfos, bruxas e fadas aprendem juntos a desenvolver seus poderes, controlar sua magia e viver no mundo normal.
No entanto, as coisas tomam um rumo diferente quando dois carinhas interessantes entram em cena. Derek, um fae que possui poderes mágicos, quer a todo custo ser seu namorado e Lucas, um lobisomem com quem ela partilha um passado secreto. De início, tudo o que Kylie deseja é sair de Shadow Falls e voltar para casa. Porém, com Derek e Lucas ocupando um lugar cativo em seu coração e depois de descobrir que ela própria tem estranhos poderes, talvez sua vida nunca mais volte a ser a mesma...

Kylie realmente não esperava que uma simples “escapada” para uma festa fosse gerar tantas mudanças e provocar tantos problemas.

No caminho para o acampamento Kylie começa a perceber que seus companheiros de viagem são diferentes. E quando chega a seu destino ela passa a ter certeza, todos parecem saber por que estão ali menos Kylie. Ela se sente totalmente fora de lugar e dividir o quarto com uma vampira e uma bruxa não está ajudando.


Em meio a tudo isso ela conhece Derek um fae lindo, Fae é uma espécie de fada só que masculino, que demonstra todo seu interesse, Kylie parece se interessar mas ai surge Lucas e ela passa a ficar dividida entre esses dois. E o fato de uma loba, isso mesmo loba ficar marcando o território “Lucas” como dela não ajuda, e Lucas sumir com ela menos ainda.

Vou dizer a vocês Kylie quase me fez arrancar os cabelos de nervoso, muita negação do que ela pode ser ou não. Vale a pena para quem ainda não leu conferir essa história. No geral o livro é bom tem muito para ser explorado na sequência desta série. Vamos esperar que no próximo Kylie já tenha aceito e parado de negar o que ela é,mesmo que isso não tenha surgido na história ainda…

Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG PÉROLAS LITERÁRIAS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por MK DESIGNER E LAYOUTS