11 de dezembro de 2016

Resenha - Lola e o Garoto da Casa ao Lado, Stephanie Perkins.

Autor: Stephanie Perkins
Título: Lola e o Garoto da Casa ao Lado
Ano: 2012
Páginas: 288
Editora: Novo Conceito

A designer-revelação Lola Nolan não acredita em moda… ela acredita em trajes. Quanto mais expressiva for a roupa — mais brilhante, mais divertida, mais selvagem — melhor. Mas apesar de o estilo de Lola ser ultrajante, ela é uma filha e amiga dedicada com grandes planos para o futuro. E tudo está muito perfeito (até mesmo com seu namorado roqueiro gostoso) até os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, voltarem ao seu bairro.
Quando Cricket — um inventor habilidoso — sai da sombra de sua irmã gêmea e volta para a vida de Lola, ela finalmente precisa conciliar uma vida de sentimentos pelo garoto da porta ao lado.

Surpreendente, foi o que eu achei dessa leitura. Lola e o garoto da casa ao lado não me desapontou em nada, amei a leitura e a cada vez que tinha que parar de ler ficava em uma ansiedade louca para retomá-la logo.

Lola é uma moça bem descolada, filha adorada e amiga querida. Adora vestir figurinos excêntricos ela é o que ela veste. Aonde ela vai chama a atenção pelas roupas e perucas coloridas e ainda assim as pessoas não a imaginam de outra forma.
Seus pais são Andy e Nathan, eles são gays o que muito me alegrou nessa leitura eles são um dos pontos altos do livro. Max é o namorado roqueiro de Lola e é com quem ela perde a sua virgindade. Lindsey é sua melhor amiga e os gêmeos Bell, Calliope e Cricket, bem são a “sarna” de Lola.

Lola ama o namorado Max, mas seus pais são contra esse namoro e para infernizar a relação dos dois Max tem que tomar o café da manha todo domingo com os pais da moça. Lá a artilharia é carregada, apontada e disparada. Confesso que achei o Max um cara super legal por aguentar os pais de Lola e suas perguntas indiscretas. E no final do livro ele me surpreendeu mais ainda. De forma boa? Não sei…


E para desespero de Lola os Bell voltam a fazer parte de sua vida. Lola teve um começo de relação com Cricket Bell que não terminou bem e com isso ela passou a odiar a simples menção de seu nome. Mas como as casas são quase coladas adivinhem quem é o vizinho de janela de quarto de Lola? Cricket.
Quando não dá mais para ignorar Cricket, Lola começa a ficar confusa com seus sentimentos, nem posso culpar a garota, Cricket é realmente um fofo.

Lola pensa os maiores absurdos e nos divertimos muito com seus pensamentos.

"Será que ele está olhando para meu traseiro?POR QUE ACABEI DE PENSAR NISSO? Agora, meu traseiro parece GIGANTESCO.Talvez ele esteja olhando para minhas pernas. Isso é melhor? Ou pior? Eu quero que ele olhe para mim? Seguro o vestido para não levantar enquanto entro pela porta traseira e engatinho até o lado oposto do banco. Tenho certeza de que ele está olhando para meu traseiro. Ele tem que estar. Meu traseiro é grande. E está logo ali na frente dele. E é grande."

Cricket é um rapaz que não esconde seus sentimentos por Lola, mas como ela está namorando o roqueiro Max ela procura ignorar isso até que começa a se fazer impossível. E seus pais tentarem acabar com seu namoro também não ajuda.

O final do livro para mim não foi previsível, pois eu não esperava algumas atitudes de Lola. Esse livro me prendeu na leitura igual a Belo Desastre que li, amei, mas não resenhei. Não consegui rs.
Não foi fácil falar desse livro sem revelar coisas que seriam consideradas spoilers gigantes. Só posso dizer que Lola e o garoto da casa ao lado é uma ótima leitura. Só não li mais rápido porque realmente não podia e remava também para não acabar. Leve e bem relaxante convido vocês a se divertirem com a Lola. Vão amar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Pérolas Literárias - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo