13.12.16

Resenha - A Garota do Calendário #1, Audrey Carlan.

Autor: Audrey Carlan
Título: A Garota do Calendário, Janeiro
Série: A Garota do Calendário #1
Ano: 2016
Páginas: 144
Editora: Verus

Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal
Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...
Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.

Quando soube A Garota do Calendário seria publicada no Brasil pela editora Verus eu surtei!! Fiquei feliz da vida e a editora ainda me disponibilizou a prova do livro para ler antecipadamente! Surtei mais uma vez.

Mia Saunders precisa levantar uma grande quantia em dinheiro para salvar seu pai, e a única forma de conseguir tanto dinheiro em tão pouco tempo é se tornando uma acompanhante de luxo com a ajuda de sua tia Millie dona da agência Mia acaba por aceitar essa forma de conseguir o dinheiro de que precisa. Acompanhante e não prostituta, sexo não está incluído no pacote, a não ser que ela queira, e receberia um mega bônus por praticá-lo. Mas ser acompanhante sim, praticar sexo não… Até que Mia conhece seu primeiro cliente Weston Charles Channing III.


Mia não entende como aquele homem pode precisar de uma acompanhante, até descobrir que Wes é um grande roteirista de Hollywood e as mulheres não o deixam fazer os contatos necessários quando encontram com ele em festas, jantares etc. Mia é escolhida a dedo pela mãe de Wes para ajudá-lo a se concentrar mais no trabalho. Isso mesmo a mãe dele a escolheu 😱.

A tarefa de Mia? Manter todas as mulheres longe de Wes e garantir que ele se concentre no trabalho. Em troca ela ganha 1 mês de descanso em uma grande mansão, 100 mil dólares e um guarda roupa capaz de fazer qualquer mulher chorar. Seria fácil se… Wes não fosse quem ele é. A atração é intensa entre esses dois e mesmo Mia querendo manter as coisas sem envolver sexo não será tão fácil nem tão simples, Wes é lindo demais para o bem de Mia.

Durante a leitura de A Garota do Calendário – Janeiro, eu torci muito por um motivo para Mia e Wes ficarem juntos, se a autora resolver de a cada livro por um homem maravilhoso desses vai ficar muito, mas muito difícil se decidir e torcer por alguém. Se é que Mia termina essa série com alguém. Querer nós vamos querer e torcer, mas são 12 livros a cada mês com um homem diferente. Se Wes já foi apaixonante precisamos nos preparar para os próximos.

Como falei eu li a prova, mas está maravilhosamente revisada sem um erro e o livro estará da mesma forma. O livro é bem curtinho menos de 150 páginas, mas elas são cheias de emoções então se preparem. Parabéns a Editora Verus por nós trazer uma série, mesmo que de 12 livros, maravilhosa ❤️. Aguardo muito ansiosa por A Garota do Calendário – Fevereiro nesse mês Mia irá viver em Seattle com um pintor famoso e gostosão Alec Dubois.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© BLOG PÉROLAS LITERÁRIAS- TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | Design e Programação por MK DESIGNER E LAYOUTS