13 de dezembro de 2016

Resenha - A Coroa, Kiera Cass.

Autor: Kiera Cass
Título: A Coroa
Série: A Seleção #5
Ano: 2016
Páginas: 310
Editora: Seguinte

Em A Herdeira, o universo de a Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção.
Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.
America Singer e o Príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira princesa a passar por sua própria seleção.
Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração prega peças… e agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava.

Nesse último livro - do que deveria ser uma trilogia, mas deixa pra lá ?- veremos Eadlyn governar Iléa enquanto seu pai Maxon está ao lado de sua mãe em sua recuperação após um episódio que quase a matou em A Herdeira.

Tão jovem e já governando um reino Princesa Eadlyn precisa estar um passo à frente em todas as decisões que tomar, e ainda continuar com sua seleção. Está cada vez mais difícil para Eadlyn escolher um selecionado e consequente marido. Todos os rapazes têm algo que a encanta e cada um à sua maneira são preciosos para ela.

Com o peso do país nas costas Eadlyn luta todos os dias para ouvir o povo e tentar fazer um reinado tão digno quanto de seu pai.

Em A Coroa, Eadlyn está mais madura e deixou de lado aquele egoísmo que tão bem conhecemos em A Herdeira "Eu sou Eadlyn Schreave e não existe ninguém no mundo mais poderosa que eu" nós nos lembramos muito bem desse discurso dela não é? Em A Coroa a princesa encara os problemas de frente e tenta da forma mais certa - nem sempre acertando obviamente - a conduzir o país.


O final salva em partes por ser inesperado, mas eu já tinha sacado no meio do livro quem seria o escolhido, por ter ficado meio óbvio pra mim para onde a história ia. Só posso confessar que o casal mesmo fazendo um par lindo, não me convenceu tanto na relação. O livro também não foca no relacionamento deles então quando acontece é meio inesperado.

Enfim, como eu já falei A Herdeira e A Coroa podem ser considerados Spin Off da série A Seleção, confesso que li os dois volumes na esperança de ter mais de America e Maxon o que não temos, para minha tristeza. As aparições deles são superficiais e continuamos com aquela incógnita de como se passaram todos esses anos até chegar em A Herdeira. Perguntas que não serão respondidas nesses dois últimos livros, já avisando.

Acredito que se A Seleção tivesse encerrado com a Trilogia e talvez um epílogo no final do último livro teria bastado para nossa curiosidade de fã de Maxon e America. Se não leram ainda indico para ter um encerramento já que bem ou mau se passa no universo de A seleção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Pérolas Literárias - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design
imagem-logo